Milho: preço da safra futura está 29% acima de 2019 em Mato Grosso

Produtores já comercializaram 40,9% da safra que será colhida a partir de maio de 2021

Por CampoTV
28/07/2020 - 08:28
AGRICULTURA

Foto: Ed. Globo

Apesar da desaceleração econômica mundial, o preço do milho em Mato Grosso deve seguir sustentado nos próximos meses pelas expectativas de aumento na demanda pelo cereal, principalmente para a produção de biocombustível dentro do estado.

A previsão é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), que atribui os altos valores históricos do milho a fatores como o maior processamento do cereal por parte das usinas de etanol, a maior demanda pela pecuária, os altos patamares da moeda norte-americana e a alta exportação registrada no ano de 2019.

Os analistas do Imea lembram que os produtores de Mato Grosso até o mês passado os produtores tinham vendido 87,07% da produção da safra 2019/2020 por em média de R$ 31,58/saca, valor 27,22% superior ao da temporada 2018/2019. A colheita atingiu 86,68% da área na semana.

A produção esperada para a safra 2020/2021, que começa a ser plantada em janeiro e colhida a partir de maio do próximo ano, já foi 40,9% vendida, por em média R$ 30,06/saca, valor 29,7% acima do registrado na temporada passada. A comercialização da próxima safra, que é a mais antecipada da série histórica do Imea, está 31,2 pontos adiantada em relação à média dos últimos cinco anos para o mês de junho.

 

Fonte: Globo Rural