Brasil volta a vender milho para a Coreia do Sul

Além disso, a compra de milho dos EUA na China ultrapassou 3,2 milhões de toneladas

Por CampoTV
17/07/2020 - 08:37
ECONOMIA

Foto: Agrolink

O Brasil voltou a vender milho para a Coreia do Sul neste meio de semana, de acordo com informações divulgadas pela T&F Consultoria Agroeconômica. “Kocopia e KFA da Coreia do Sul ofertaram milho esta manhã – A KFA recebeu ofertas a US$ 192,50/t para chegada em novembro, poucos dias depois que os rivais compraram a US$ 188,75/m. Enquanto isso, a Glencore vendeu milho brasileiro para a Kocopia a US$ 196,31/mt para o embarque de 5 a 25 de setembro”, comenta a T&F. 

“A compra de milho dos EUA na China ultrapassou 3,2 milhões de t no espaço de uma semana, mas os exportadores de milho da Ucrânia não estão incomodados – grande parte das exportações da Ucrânia foram retiradas da cota disponibilizada para empresas privadas, contra a compra dos EUA, que é apoiada pelo Estado, segundo seu pensamento. No entanto, o preço será o fator determinante...”, completa.

Isso porque, os dados de vendas líquidas dos EUA esperavam ser “bastante alegres, analistas que procuram algo entre 600.000-1,3 milhões de t, o que é uma gama bastante ampla. Os números da produção de etanol subiram ontem e mais do que o esperado, e outros 132kt das vendas de milho 2020/21 foram notados pelo USDA”, indica.

“O mercado argentino de Up River negociou no início da semana a 52 centavos de dólar pelo carregamento de agosto. O relatório semanal de acompanhamento das culturas, divulgado nesta quinta-feira pela BCBA registrou que. na última semana, a colheita de milho com destino comercial atingiu 90,4% da área prevista”, concluiu a T&F Consultoria Agroeconômica neste início de manhã. 

 

Fonte: Agrolink